O embaralho

Diz-se que em casa de Gonçalo manda
mais a galinha que o galo. Hermafroditismo
social, água de beber, é o fim da
picada. Quantos de nós precisam disto…
Quanto muito, seremos poucos e pó, sem
eira nem beira. O que vem morre, e é
água de cu lavada. Isto é, uma urna, um
supositório, um depósito de vilanagem: a
malandragem das bestas.
Este macete de pérfidas cartinhas não
corresponde a nenhuma intentona de
marcar posição em lojas obscuras, muito
menos algum tipo de mordidelas empreendedoras
para fazer corpo presente.
Falta-nos altura e permanência, porque
não nos crescem as pernas da mesma
maneira: para a frente é que é caminho.
Aqui está ele, trabalho deslavado dos
últimos doze trimestres, como peixe na
água, em água de cu lavada. Só tem piada
para quem (não) conhece, e é a dez por
meia dúzia.

…………………………………………………………..

O Embaralho
10€