Diário de um Ladrão

O sono da razão produz monstros. — Francisco Goya