Diário de um Ladrão

O gavião despedaça o pardal, o figo come o burro e a ténia devora o homem! — Isidore Ducasse, (CIV, E2)